terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

É hora do parto, nasceu....

..Saímos da consulta e então fomos para casa casa pegar as  malas e os documentos para internação (claro que já estava tudo pronto...). 

Tínhamos aproximadamente uma hora para chegar ao hospital..meu coração pulsava acelerado..mas eu tentava passar tranqüilidade, porém acho que não consegui...Após  a internação e já no quarto aqueles minutos pareciam uma eternidade..eu levantava do sofá, sentava e andava pelos corredores aguardando ela subir para o centro cirúrgico. 

Finalmente a enfermeira veio chamar  colocou-as na maca e se dirigiu para o elevador ...dei um beijo e desejei sorte...Eu já tinha decidido quem ganharia a aposta, eu estava pronto para assistir ao parto, me enchi de coragem que se misturava com medo, ansiedade e emoção então fui encaminhado para uma sala onde eu deveria me trocar e ficar aguardando para pode entrar e acompanhar o parto. 

Coloquei uma roupa azul, uma touca e a meia nos pés e fiquei ali rezando pedindo para tudo dar certo para a minha filha e minha esposa, e para eu não desmaiar....rs.

Entrei, já estava tudo preparado, ia começar o parto, os médicos já estavam terminando de se preparar..era tão normal para eles ..estavam contando piadas, rindo e eu num nervosismo sem igual, meu coração parecia que ia saltar pela boca.

Fiquei junto a cabeceira segurando sua mão, pois ela estava muito nervosa...após alguns minutos o médico pediu que eu saísse da cabeceira e ficasse ao lado dela, mais próximo para poder ver minha filha nascer, minhas pernas estavam bambas...Em questão de segundos a nossa filha tão amada e tão esperada veio ao nosso mundo e para os nossos braços, o chorinho mais doce e mais suave que já ouvi em toda a vida.
.

Bem-vinda Mariana.